O dia 25 de abril também ficou marcado pelo surgimento do jornal O Louzadense, um projeto da nova cooperativa do concelho, a InovLousada.

Foi com a sala da Assembleia Louzadense repleta que se deu a apresentação do jornal e a tomada de posse dos órgãos sociais da InovLousada.

O primeiro a intervir foi o diretor do jornal, Manuel Pinho, que considerou a data “feliz” para o aparecimento de um novo jornal “um jornal de todos e para todos, de lousadenses para lousa denses”.

Manuel Pinho, diretor do jornal O Louzadense

Segundo Manuel Pinho, O Louzadense será um jornal de proximidade, livre, aberto a toda a comunidade: “Todos podem contribuir para O Louzadense, valorizando com isso a terra e as suas gentes”, concluiu.

Diogo Fernandes, recém-empossado presidente do conselho de administração, começou a sua intervenção agradecendo a participação dos 84 lousadenses fundadores da nova cooperativa, uma cooperativa com “singularidades pioneiras no concelho”: “O nosso compromisso é contribuir para o desenvolvimento plural do concelho de Lousada e para o aperfeiçoamento da qualidade de vida dos seus habitantes, oferecendo bens e serviços, na área da informação, da formação, do empreenderemos económico, da inovação social, da promoção turística e da nossa identidade cultural”, salientou.

“Independente, imparcial, criativo e inovador”, José Diogo Fernandes

José Diogo Fernandes, Presidente do Conselho de Administração

O jornal O Louzadense, na sua edição online e em formato de papel, é um dos projetos da cooperativa, tendo como objetivo “colocar à disposição de todos os lousadenses uma plataforma de comunicação social que promova a divulgação da identidade e do património cultural histórico e natural do concelho”, disse. O projeto conta já com vários colaboradores, de diversas áreas, e ambiciona “ser um meio de comunicação de referência, tanto pela relevância, como pela qualidade dos conteúdos produzidos”, salientou. “Independente, imparcial, criativo e inovador” foram os adjetivos que Diogo Fernandes usou para o caracterizar.

A marca O Louzadense pretende reforçar “a nossa identidade, mas também em termos estratégicos alcançar maior visibilidade para o que se produz no nosso concelho, atingindo patamares de excelência no âmbito do marketing”, afirmou o presidente da cooperativa, terminando a sua intervenção com um elogio aos restantes elementos do conselho de administração, Carlos Nunes e Ricardo Oliveira: “Concluo com um desafio aos lousadenses: ter visão sem ação não passa de um sonho; ter ação sem visão é apenas passatempo, mas ter visão com ação pode de facto mudar o mundo”.

“Um dia histórico para Lousada”, Leonel Vieira

Leonel Vieira, Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Para o presidente da Mesa da Assembleia da InovLousada, CRL, Leonel Vieira, o aparecimento de um órgão novo de comunicação social “é um dia histórico para Lousada”. Reforçou que será um jornal livre, independente, dos lousadenses e para os lousadenses: “Queremos que seja um jornal de Lousada, que fale das freguesias, das associações, que seja o transmissor do bom que se faz aqui em Lousada, da nossa cultura, dos nossos empreendedores, um jornal que sirva Lousada e os lousadenses”, salientou, agradecendo aos 84 cooperadores, que “nos deram a sua confiança quando aceitaram aderir a este projeto”.

“É uma aposta arrojada”, Pedro Machado

Pedro Machado, Presidente da Câmara Municipal de Lousada

Pedro Machado, presidente da autarquia lousadense, considerou que é uma “aposta arrojada” e elogiou os fundadores pela iniciativa, mostrando também satisfação pelo incremento associativo no concelho com o surgimento da InovLouzada: “Bem-haja por esta iniciativa. É uma cooperativa muito ambiciosa nos seus objetivos, e que os vossos propósitos se concretizem. Por parte da Câmara Municipal, estaremos disponíveis para trabalhar convosco, podemos juntos fazer coisas grandes e importantes para todos nós”, assegurou o autarca.
Sobre o jornal O Louzadense, o autarca referiu-se ao “Z” no nome, evocando Mário Fonseca: “Como ele gostaria de estar aqui. Certamente ficaria contente com o nome deste jornal. Espero que informe duma forma rigorosa e isenta e que, sobretudo, separe o que são factos de opiniões e só assim é que poderá ser um projeto vencedor de longo prazo. Que seja um projeto de futuro”, concluiu.

ÓRGÃOS SOCIAIS

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL
Presidente: Leonel Domingos Reis Vieira da Silva
Vice-Presidente: Altino Manuel Cunha Pinheiro Magalhães
Secretário: Agostinha de Lurdes Ribeiro Monteiro
1.º Suplente: Leonardo da Costa Ferreira
2.º Suplente: Luciana Isabel Dias Martins

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Presidente: José Diogo Gonçalves Fernandes
Vice-presidente: Carlos Manuel Soares Nunes
Vice-Presidente: Ricardo Jorge Ribeiro de Sousa Oliveira
1.º Suplente: Manuel Rocha dos Santos Oliveira
2.º Suplente: Pedro Joaquim da Cunha Magalhães

CONSELHO FISCAL
Presidente: José António Coelho Teixeira
Vice-Presidente: Antero de Sousa Correia
Relator: Fernando Filipe Leal Costa
1.º Suplente: Agostinho Paulo Teixeira Moreira
2.º Suplente: Paula Susana Ribeiro Ferreira

Imagens da Tomada de posse dos órgãos sociais da cooperativa InovLousada e apresentação do jornal “O Louzadense”